Bolsonaro diz que advertiu filho sobre frase de fechar o STF

autor Misto Brasília

Postado em 22/10/2018 16:44:55 - 16:40:00


Deputado Eduardo Bolsonaro é o primeiro da esquerda para a direita/Arquivo

Presidente do STJ diz que há exagero na repercussão e Toffoli fala em atacar a democracia

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira em entrevista ao SBT que repreendeu o filho Eduardo Bolsonaro pelo “absurdo” da declaração gravada em um vídeo em que o deputado eleito fala na possibilidade de fechar o Supremo Tribunal Federal (STF). Eduardo disse num vídeo que bastava um cabo e um soldado para fechar o Supremo.

“Eu já adverti o garoto, o meu filho, a responsabilidade é dele. Ele já se desculpou. Isso aconteceu há quatro meses, ele aceitou responder uma pergunta que não tinha nem pé nem cabeça, e resolveu levar para o lado desse absurdo”, disse Bolsonaro em entrevista gravada em sua casa na zona oeste do Rio de Janeiro.

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que deverá assumir a Casa Civil em caso de vitória do candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse que um eventual governo do capitão reformado do Exército vai respeitar rigorosamente a Constituição.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otavio de Noronha, afirmou que houve um exagero na repercussão da declaração do deputado federal. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse em nota que “atacar o Poder Judiciário é atacar a democracia”.


Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
Começaram as eleições para o Parlamento Europeu
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +