Votação é rápida e tranquila no Distrito Federal

autor Misto Brasília

Postado em 28/10/2018 12:58:09 - 12:54:00


Esquema de segurança foi reforçado inclusive na área do prédio do TSE/José Cruz/Agência Brasil

Os candidatos a governador Ibaneis Rocha e Rodrigo Rollemberg já votaram em suas seções eleitorais

Até este momento, às 1h42, as eleições transcorrem de maneira tranquila no Distrito Federal desde a abertura das seções eleitorais às 8 horas. O número de fila para votar e insignificante e os eleitores demais em média até 14 segundos para votar para presidente da República e para governador que no segundo turno está sendo disputada por Ibaneis Rocha (MDB) e Rodrigo Rollemberg (PSB).

Os dois concorrentes ao Palácio do Buriti já votaram. Rollemberg disse que está com a consciência tranquilo e que espera ficar mais quatro anos no governo. Ibaneis Rocha afirmou que aguarda o resultado das urnas e que por isso não conversou com o governador sobre equipes de transição. Ibaneis é o franco favorito segundo as pesquisas eleitorais.

No Tribunal Superior Eleitoral, o esquema de segurança foi reforçado depois que a presidente da Corte, ministra Rosa Weber, recebeu ameaças ao longo da semana. Boletim mostra que o percentual é de 0,38% (cerca de 1916) de urnas substituídas até as 11h50 em todo o Brasil. Os estados que tiveram o maior número de urnas com defeito foram São Paulo (339),  Rio de Janeiro (266), Minas Gerais (204), Paraná (189), Rio Grande do Sul (152), Ceará (109), Goiás (92), Sergipe (61) e Bahia (79).

Os resultados para governador devem ser divulgados logo depois do fim da votação, às 17 horas. No caso para a Presidência da República, os resultados parciais serão divulgados a partir das 19 horas em função do fuso horário que separa a votação de alguns estados. A votação de segundo turno já foi encerrada em 18 países.


Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
Começaram as eleições para o Parlamento Europeu
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +