Petistas tentam intimidar Moro em comissão do Código Penal

autor Misto Brasília

Postado em 30/03/2017 18:29:19 - 18:22:00


Sérgio Moro não responde a provocações de deputado do PT/Agência Câmara

Entre as críticas ao juiz federal, a condução coercitiva de Lula e vazamento de grampos de Dilma

Deputados petistas protagonizaram uma blitz contra o juiz federal Sérgio Moro, durante audiência na Comissão Especial do Novo Código de Processo Penal. O tema do debate era o Novo Código e não a Lava Jato.

Entre as críticas destacadas, a condução coercitiva do ex-presidente Lula da Silva e o vazamento da conversa telefônica dele com a ex-presidente Dilma Rousseff por parte do deputado Paulo Teixeira (PT-SP). Parlamentares petistas também acusaram o magistrado de abuso de autoridade.

Moro repisou que suas decisões estão sujeitas a diversos controles. Inclusive os tribunais têm, em grande parte, mantido as suas sentenças. Ele criticou o projeto de lei que determina os crimes de abuso de autoridade. O texto há muito tempo é interpretado como uma retrucada de vários políticos aos desdobramentos da Lava Jato.

O presidente da comissão do novo Códio Penal, deputado Danilo Forte (PSB-CE), teve que intervir agrumentando que não protegia ninguém e sim a Casa. "Não vou aceitar agressão", disse ele tentando conter o ímpeto dos parlamentares do PT.


Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
Começaram as eleições para o Parlamento Europeu
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +