Sindicatos fazem protesto contra a reforma trabalhista

autor Misto Brasília

Postado em 10/11/2017 13:32:15 - 13:17:00


Sindicalistas fazem manifestação nesta sexta contra a reforma trabalhista/CUT

Houve manifestações pela manhã em sete capitais contra a lei que entra em vigor neste sábado

Trabalhadores da iniciativa privada fazem manifestação nesta sexta-feira. É o Dia de Luta contra a Reforma Trabalhista, que entra em vigor no sábado. Houve protesto em pelo menos seis capitais e em Brasília na parte da manhã, como algumas paralisações pontuais como os rodoviários de Salvador. Também há manifestação dos servidores federais contra o congelamento dos reajustes salariais.

O diretor do Sindicato dos Urbanísticos do Distrito Federal, Victor Frota da Silva, disse ao BrasildeFato que “o governo Temer fez essa reforma trabalhista. Mais uma reforma que retira direitos do povo conquistados depois de muitas décadas de luta como é o caso da CLT".

Aristides Veras, O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Artistides Veras, disse que "as consequências são o aumento do trabalho escravo, o aumento da violência no campo, a precarização do trabalho, a perda de renda dos trabalhadores e o aumento dos conflitos".